notícias

Fique pode dentro das últimas notícias da deputada

Deputada Mara Lima participa da abertura da Semana Paraná Inovador

Assessoria de Imprensa - 16/10/2019 - 10h54min

A deputada Mara Lima (PSC) prestigiou a abertura da Semana Paraná Inovador, no Palácio Iguaçu, em Curitiba, realizada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, nesta terça-feira (15). “O Paraná sai à frente na valorização e fortalecimento nos parques tecnológicos. Com o objetivo de criar ecossistemas mais unificados e sofisticados para empresas, incubadoras e instituições de pesquisa compartilharem conhecimento, equipamentos e recursos. Quem ganha é a população paranaense”. Disse a parlamentar.

A partir desse credenciamento, eles também poderão acessar recursos estaduais. Na ocasião o governador entregou os certificados de credenciamento provisório para 18 parques tecnológicos do Paraná. O governador afirmou que a administração estadual precisa unir a produção científica das universidades (estaduais e privadas), as estruturas municipais e o setor privado em prol de uma agenda que gere soluções mais eficientes e inovadoras para as diversas áreas, na educação, saúde, turismo e agronegócio.

“O Paraná passar a ter um ecossistema de novas tecnologias. Já temos cidades polo como Curitiba, Pato Branco, Londrina e Guarapuava apostando nessa iniciativa. Outras cidades têm atraído jovens e empresas. O Paraná precisa estar antenado ao que o mundo vem fazendo”, explicou Ratinho Junior.

VALORIZAR

A comissão de credenciamento, instituída para avaliar as iniciativas, realizou visitas a todos eles em julho a fim de identificar o potencial das iniciativas de se tornarem parques tecnológicos, de forma a valorizar e fortalecer o ecossistema de inovação do Paraná. Agora, o Estado passa a tecnológicos. “Um parque é a aproximação da pesquisa aplicada, setor produtivo com demanda e o Governo com seus instrumentos. Quando se une esses três atores, há um ecossistema minimamente organizado”, afirmou.

“O Paraná hoje tem uma das maiores capilaridades acadêmicas, então precisa ser um ativo de desenvolvimento regional. Esse ecossistema capacita melhor as pessoas e oferece soluções mais práticas para as empresas.” “Vamos criar sinergias, trazer mais forças para os parques tecnológicos. Só o Parque de Software de Curitiba já teve mais de três mil funcionários. É um gerador de emprego com qualidade, bons salários”, complementou Martins. “Precisamos mostrar a quantidade e qualidade dos pesquisadores paranaenses e favorecer o mercado”.